COLABORE

Institucional

Evento chega a sua 12ª edição e tem como foco discutir questões administrativas e de gestão

19/07/2024

Igreja

Iniciativa é voltada para ajudar venezuelanos

11/07/2024

Áreas de Atuação

Iniciativa da Cáritas Brasileira Regional Nordeste 3 fomenta geração de renda e troca de conhecimentos

10/07/2024

Áreas de Atuação

Diálogos com o poder público e atores sociais na Bahia evidenciam os direitos e responsabilidade do Estado na gestão integral de riscos

26/06/2024

Áreas de Atuação

Projeto incentiva e valoriza literatura entre crianças e adolescentes

12/06/2024

Áreas de Atuação

Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) foi criado em 1990 e prevê uma série de garantias a menores de 18 anos

12/06/2024

ÁREAS DE ATUAÇÃO

Convivência com os Biomas

A área de Convivência com Biomas busca valorizar e preservar a vida assim como fortalecer as lutas com posicionamentos em defesa dos povos e das comunidades tradicionais. Se insere tanto no contexto global de valorização e preservação da vida como na defesa dos povos e das comunidades tradicionais.

Economia Popular Solidária

A Economia Popular Solidária (EPS) é uma estratégia de desenvolvimento sustentável e solidário fundamentado na organização coletiva de trabalhadores e trabalhadoras. É uma importante articulação que integra campo, floresta e cidade na construção alternativa de processos coletivos e autogestionários.

Formação

A Formação é uma importante ferramenta no processo organizativo da Cáritas Brasileira. É por meio dos processos formativos que a Rede Cáritas fortalece valores e princípios que norteiam as ações da instituição, em vista da transformação social e da pastoralidade transformadora.

Gestão de Resíduos Sólidos com ênfase em catadores

A Cáritas busca valorizar catadores e catadoras de materiais recicláveis, contribuindo para a superação da pobreza e da exclusão deste segmento da população.

Meio Ambiente Gestão de Riscos e Emergências

A Cáritas Brasileira promove ações de solidariedade nacionais e internacionais para o atendimento à comunidades afetadas por desastres socioambientais ou que estão em situação de vulnerabilidade. Bem como, no trabalho para construção de comunidades mais seguras e resilientes.