Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Comunidades tradicionais partilham experiências no Internordeste

10 de agosto de 2017
postar

A partilha de experiências das comunidades tradicionais, na perspectiva da construção da sociedade do Bem Viver, foi um dos destaques da programação desta quinta (10) do Encontro Internordeste da Rede Cáritas. A trajetória do Acampamento Zé Maria do Tomé foi apresentada por Alyne Lima, de Limoeiro do Norte (Ceará). Os 1.700 hectares de terra foi batizado com o nome de uma das referências de luta pelo direito a terra no Ceará, assassinado em abril de 2010.O acampamento, que se localiza entre empresas e grandes produtores rurais, foi ocupado por cerca de 1.500 pessoas em 2015 e hoje 150 famílias vivem e produzem agroecologicamente na terra. “É uma história de luta e resistência por um mundo melhor”, afirma Alyne, que explica que neste ano a justiça decretou a desapropriação do local e a mobilização social conseguiu reverter temporariamente a medida. ok1 (2) A luta pela terra também foi partilhada por Kum’Tum Gamela, do Maranhão. Agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT) no estado, Kum’Tum foi uma das vítimas do ataque acontecido em abril na cidade de Viana, a 214 quilômetros de São Luís (MA). Na ocasião pistoleiros ligados a fazendeiros feriram mais de 10 indígenas, além dos disparos a balas alguns deles foram golpeados com facão nas mãos e pernas. Nos últimos anos o povo indígena Gamelas tem sido sistematicamente perseguido por pistoleiros, fazendeiros e autoridades locais. “A gente entendeu que não dá pra fazer luta por terra sozinho. A gente se articula com os outros povos, como os quilombolas. Sem território não é  possível construir e reconstruir relações entre nós”, afirma Kum’Tum. ok Para o índigena “o bem viver é tão antigo quanto os povos da água e da terra” e o caminho para alcança-lo pressupõe a desobediência ao modelo capitalista posto  na sociedade.

INTERNORDESTE – O evento, que reúne os regionais Maranhão, Ceará, Piauí, Ne3 (Bahia e Sergipe) e Ne2 (Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Rio Grande do Norte), segue até sábado (12), em São Luís (MA). Nesta edição do encontro, realizado anualmente, também está previsto o debate sobre a sustentabilidade institucional a partir da identidade e das experiências das Cáritas do Nordeste, além do monitoramento do Plano Operacional anual (POA) 2017.

  Saiba como foi a abertura        

Comentários

comentários

Seja um Doador

Somos Nordeste 3 – Somos Cáritas

Faça parte dessa rede
Faça parte desta Rede

Redes Sociais

Prestação de Contas

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Contato

Cáritas Regional Nordeste 3
Rua Emília Couto, Nº 270 B - Brotas
CEP 40.285-030


Salvador/Bahia
+55 (71) 3357-1667

caritasne3@caritas.org.br