Diminuir tamanho da fonteAumentar tamanho da fonte

Intercâmbio Regional das Juventudes acontece em Salvador

27 de setembro de 2019
70968958_2457698031143281_6705827027309559808_n

Sob o clima festivo e a proteção de Cosme e Damião, começou hoje (27/9) e segue  até domingo (29/9), o Intercâmbio Regional das Juventudes. Promovido pela Cáritas Regional Nordeste 3, a ação visa inspirar e encorajar o protagonismo das juventudes que se alimentam da mística da Rede Cáritas, potencializando a troca de saberes e experiências, estimulando a juventude perceber seu papel cidadão com participação social, fortalecer seus processos de comunicação para manifestações de demandas, experiências e bandeiras de lutas entre as diversas juventudes dos territórios da Bahia e Sergipe.

A abertura do evento contou com a apresentação de “O Homem não ajuda o homem,  espetáculo produzido por jovens da Casa do Sol, que reflete os impactos humanos na sociedade. Em seguida houve contribuições com participações de Ativista de Cajazeiras 5, Sarau da Onça, Casa do Sol e do levante popular da juventude. São coletivos compostos por jovens das periferias de Salvador que através da arte fazem leituras criticas de suas realidades.

71335213_2457698384476579_3104153897690726400_n

Como mobilizar as diferentes juventudes no contexto em que estamos vivendo? Como os coletivos se articulam para o processo de animação e envolvimento das juventudes, diante dos diversos mecanismos que geram injustiças e que pede a incidência nas diversas frentes de lutas? Foram algumas inquietações que nortearam o debate nesta manhã de sexta feira no Convento São Francisco, centro da capital baiana.

“A conjuntura social nos bairros periféricos de salvador gera atenção redobrada diante da atuação da polícia e agora muito reforçada pelo momento neofacista do governo brasileiro que tem nos impactado com danos psicológicos não só nas juventudes”, destaca Caio Costa, ativista da juventude de Cajazeiras. Maiara Silva é poetiza do Sarau da Onça, organização sediada em Susssuarana, bairro de Salvador. Ela fala da importância da arte. “Os poemas traduzem as realidades das juventudes periféricas com proposta de mudar o que a mídia sempre coloca sobre as periferias. A periferia produz arte através da dança, capoeira, valsa entre outras expressões. Tudo isso ajuda a despertar o censo critico e entender a nossa história”. Dessa forma cada pessoa pode ser protagonista, conclui Maiara.

Larissa Lima compartilhou sua experiência no Conselho Estadual da juventude enquanto espaço de dialogo entre a sociedade, o governo e a juventude. “É um espaço para “Pensar e fiscalizar as politicas públicas para juventudes, pois, a juventude ainda é colocada de duas formas: A juventude que só quer festas e outra que está num cenário de violências”. Nós estamos, além disso,” afirma Larissa. “O que partilhamos aqui nesta tarde, somos exemplos que mostram o que queremos e como estamos atuando através de diversas organizações”. Elas são expressões do que somos e do que queremos. Temos um jeito diferente de viver as coisas e de maneira criativa. Pensar em politicas públicas é enfrentar as situações de violações de nossos direitos. Diariamente são muitas situações de feminicídios, crimes contra as populações LGBT e juventudes negras, Por que essa população está morrendo? Diante disso é importante ocupar os espaços de politicas publicas, diante dos números de violências precisamos reagir. Ai está a nossa tarefa de mostrar e de colocarmos na vida a favor da vida”, concluiu Larissa.

No sábado, terá o painel “Quem é a juventude da Cáritas Regional Nordeste 3” e em seguida, oficinas sobre políticas públicas que impactam as juventudes: Direito à cidadania com assessoria de Uelen Medeiros; Direito à educação com Inéria Florinda e Cristina Santos, Direito à profissionalização, trabalho e à renda, com Joice Cristina; Direito à diversidade e à igualdade com assessoria de Eliane Moreira e direito à comunicação e a liberdade de expressão com a contribuição de Leo Vilas Verde, CIPÓ.

Por Alan Lustosa

Comentários

comentários

Seja um Doador

Somos Nordeste 3 – Somos Cáritas

Faça parte dessa rede
Faça parte desta Rede

Redes Sociais

Prestação de Contas

Cáritas Notícias

Cadastre-se e receba por e-mail nossos informativos.

Redes Sociais

Contato

Cáritas Regional Nordeste 3
Rua Emília Couto, Nº 270 B - Brotas
CEP 40.285-030


Salvador/Bahia
+55 (71) 3357-1667

caritasne3@caritas.org.br